11 abril 2016

Dinossauros invadem o museu

  • O ‘Pycnonemosaurus nevesi’, carnívoro de 8 metros que viveu no Brasil há 90 milhões de anos, é uma das espécies representadas na exposição. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    1/9
  • Filhote de ‘Pycnonemosaurus’, também representado na exposição. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    2/9
  • Escultura de ‘Saturnalia tupiniquim’, herbívoro que viveu no período Triássico no Brasil, feita pelo paleoartista Maurílio Oliveira. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    3/9
  • As ilustrações e esculturas que compõem a exposição foram feitas pelo paleoartista Maurílio Oliveira, com a consultoria de paleontólogos. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    4/9
  • O artista não recorre a aparatos tecnológicos; ele faz os desenhos a mão, usando lápis, tinta e papel. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    5/9
  • Desenho de ‘Tyrannotitan’ e ‘Titanosaurus’. (ilustração: Maurílio Oliveira)
    6/9
  • Reconstituição de ‘Herrerasaurus ischigualastensis’, carnívoro que viveu na Argentina há 231 milhões de anos, no período Triássico. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    7/9
  • As esculturas são feitas de um material semelhante ao usado para produzir pranchas de surfe. Para aumentar a proximidade com o público, os visitantes podem tocar nas obras. (foto: Museu Nacional/ UFRJ)
    8/9
  • A exposição ‘Arte com dinossauros’ fica em cartaz até julho de 2015 no Museu Nacional da UFRJ. (imagem: Museu Nacional/ UFRJ)
    9/9

Desenhos e esculturas – algumas em tamanho real – dão vida a esses gigantes da pré-história em exposição no Rio de Janeiro. Veja imagens da mostra.

COMPARTILHAR:
Tags: