11 abril 2016

Entre a preservação e a loucura

  • A série fotográfica Captive pretende chamar a atenção para a baixa qualidade de vida dos animais nos zoológicos. Os pequenos macacos, como o sagui-da-cara-branca, estão entre os que costumam ficar em pequenas jaulas. (foto: Gastón Lacombe)
    1/14
  • Lacombe teve a inspiração para a série ao observar que algo parecia errado no ambiente dessa coruja-buraqueira, um conjunto de luzes fluorescentes, redes e paredes pintadas de verde – tudo parecia um escritório e não um ambiente natural. (foto: Gastón Lacombe)
    2/14
  • A falta de espaço e de ambientes adequados aumenta o estresse dos animais, baixa sua imunidade e pode levá-los a desenvolver comportamentos neuróticos. (foto: Gastón Lacombe)
    3/14
  • Para muitos, os zoos são importantes na preservação das espécies ameaçadas, como a arara-azul, mas é preciso garantir aos animais qualidade de vida no cativeiro. (foto: Gastón Lacombe)
    4/14
  • No Brasil e no mundo, há denúncias de maus-tratos e condições inadequadas nos zoológicos. (foto: Gastón Lacombe)
    5/14
  • Felinos, como o leão africano, precisam de jaulas espaçosas, que ao menos imitem o ambiente natural e permitam a interação social com outros membros da espécie. (foto: Gastón Lacombe)
    6/14
  • O ameaçado varecia-preto-e-branco em seu ‘banho de sol’. Muitos zoológicos do Brasil e do mundo ainda mantêm desenhos inadequados de seus espaços, que são pouco naturais. (foto: Gastón Lacombe)
    7/14
  • Não só os zoológicos, mas também os aquários devem seguir os mais elevados padrões éticos para lidar com os animais sob seus cuidados. Na foto, um tanque com uma tartaruga-marinha-de-pente. (foto: Gastón Lacombe)
    8/14
  • Lacombe não costuma identificar as suas fotos, mas essa do urso polar Arturo, da Argentina, se destacou pela campanha popular em prol da transferência do animal para instalações mais adequadas no Canadá. (foto: Gastón Lacombe)
    9/14
  • Grandes aves, como o abutre, precisam de áreas espaçosas, em que possam voar e desempenhar seus comportamentos naturais – mas espaço é um item caro para os zoológicos. (foto: Gastón Lacombe)
    10/14
  • Natureza, só desenhada na parede, nessa jaula com um espécime de ‘Saguinus oedipus’, animal ameaçado típico do continente americano. (foto: Gastón Lacombe)
    11/14
  • A falta de recursos costuma ser apontada como o maior problema enfrentado pelos zoológicos de todo o mundo, um limitador importante para a promoção da qualidade de vida dos animais, com essa águia-marinha-de-asas-vermelhas. (foto: Gastón Lacombe)
    12/14
  • Urso-malaio em sua pequena casa gradeada. Um dos pontos defendidos pelas organizações protetoras dos direitos dos animais é a ampliação das áreas escondidas da vista do público para reduzir o estresse dos bichos. (foto: Gastón Lacombe)
    13/14
  • Debate sobre o papel social e científico dos zoos mostra que essas instituições podem ter um papel importante na preservação da natureza, mas muito ainda precisa ser feito para garantir que todas ofereçam condições adequadas aos animais. (foto: Gastón Lacombe)
    14/14

Série fotográfica retrata péssimas condições de zoológicos e aviva discussão: eles são peças centrais na conservação da fauna ou ambientes ultrapassados de degradação para os animais?

COMPARTILHAR:
Tags: