A busca incansável pela insulina

A história da purificação do hormônio que regula o metabolismo de açúcar no organismo contém percalços que acabaram superados com um acordo de cavalheiros entre os quatro cientistas envolvidos na pesquisa. Mas o principal deles não foi contemplado com o Nobel como merecia.

No frio inverno canadense de 1922, dois jovens cientistas andavam nervosamente de um lado para outro nos corredores do hospital Geral de Toronto. A tensão era palpável. Nenhum dos dois ousava iniciar uma conversa. Os olhos fixos na entrada do centro médico.

Um ano antes, esses mesmos cientistas canadenses, Frederick Banting (1891-1941) e Charles Best (1899-1978), haviam iniciado uma busca incansável pela cura da diabetes. E o dia finalmente havia chegado. Depois de repetidos testes em animais de laboratório, o primeiro ensaio clínico em um paciente humano iria acontecer. Todo o esforço e noites sem dormir seriam recompensados.

Banting havia gasto todas as suas economias e vendido sua casa para se sustentar durante esse período – parte do dinheiro foi investido diretamente na pesquisa. Best também teve seu quinhão de sacrifício, trabalhou sem receber salário por vários meses. Mas, nesse momento, nada mais importava. Seus pensamentos estavam direcionados a uma pessoa, um rapaz de 14 anos de idade chamado Leonard Thompson.

Charles Best e Frederick Banting, ca.1924.
Crédito: Cortesia de Thomas Fisher Rare Book Library, University of Toronto

Frederick Banting e John Macleod receberam o prêmio Nobel de Medicina ou Fisiologia em 1923. Os dois cientistas dividiram seu prêmio em dinheiro com Charles Best e James Collip, respectivamente. Leonard Thompson viveu por mais 13 anos, até que aos 27 sucumbiu de complicações causadas pela diabetes. Até os dias de hoje, a ausência de Charles Best entre os nominados é considerada uma das maiores injustiças do prêmio Nobel.

Leandro Lobo

Instituto de Microbiologia
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Muriel Aparecida de Souza Lobo

Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (InMetro)

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-40265
614_256 att-27650
614_256 att-40238
614_256 att-40206
614_256 att-40145
614_256 att-40138
614_256 att-40127
614_256 att-40107
614_256 att-40077
614_256 att-39904
614_256 att-39796
614_256 att-39865
614_256 att-39814
614_256 att-39875
614_256 att-39883

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-79821
614_256 att-79434
725_480 att-78705
725_480 att-78239
725_480 att-77232
725_480 att-75781
725_480 att-80252
614_256 att-74161
614_256 att-70595
614_256 att-74252
614_256 att-73484
614_256 att-72764
614_256 att-72108
614_256 att-71023
614_256 att-61579