Departamento de Geografia
Instituto de Geociências
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Este ano, a população da Terra atingiu a casa dos 8 bilhões de habitantes. E o grande público, por meio das mídias, foi brindado com enorme variedade de dados, na forma de gráficos e mapas, que nos permitem não só sabermos como estamos, mas também para onde estamos indo.

Recentemente, chegamos ao total de 8 bilhões de habitantes na Terra e vimos o festival de informações sobre a distribuição dessa população em diversos aspectos, incluindo sua regionalização no mundo. Estávamos quase lá; então, o que tem de novidade nisso?

A quantidade e variedade de gráficos e mapas gerados, a partir das informações que serviram para qualificar estes 8 bilhões de pessoas nos ajudam a entender melhor quem somos e onde estamos.

Primeiro, vimos de forma comparativa como a população brasileira e a global evoluíram desde 1800 (aproximadamente, 3,5 milhões e 1 bilhão de pessoas, respectivamente) e o quão rápido avançou depois da década de 1960, quando passamos a crescer à taxa de 1 bilhão de habitantes a cada 12 ou 14 anos, chegando agora aos 8 bilhões!

Outra forma interessante de análise foi a justaposição de ‘retratos’ do mundo em 1973, 2023 e 2073, possibilitando a compreensão das mudanças ocorridas e projetadas em cenários, em um período de 100 anos. Ou seja, com retratos representativos do passado (50 anos atrás), do presente e futuro (50 anos à frente).

Vários aspectos são comparados com base nessa lógica, e a representação dessa distribuição no espaço, por meio de mapas globais, nos permite entender diferenças regionais. E, nesse sentido, vemos facilmente que os cenários apontam para uma intensificação da densidade populacional na Ásia e África.

Com base em gráficos, é possível, facilmente, ver que estamos – e estaremos – concentrados nas faixas etárias correspondentes a adultos e idosos (com mais de 50 anos), e que a taxa de crescimento populacional já se encontra abaixo de 1%, tendendo a cair bem mais.

Outro detalhe interessante: em recortes espaciais específicos, é possível observar a influência de epidemias (como a da covid), e de guerras (Ucrânia e Rússia) nesse processo de perda demográfica. Além disso, registram-se áreas em que o ganho demográfico é bem maior que a média global, como é o caso da Nigéria, cuja taxa de crescimento é o dobro da mundial.

Mas a natureza das análises é muito diversa, incluindo questões importantes para a compreensão de elementos indicadores tanto da qualidade de vida quanto das diferenças culturais da humanidade. Vale a pena olhar com carinho toda essa informação qualificada. Você verá que estamos cada vez mais urbanos e pobres, por exemplo. Também é possível ver que que estaremos mais religiosos.

Apesar de tanta informação interessante, cabe ressaltar a importância da divulgação de dados baseados em recursos extremamente gráficos no apoio à percepção de uma caracterização ampla sobre quem somos. Considerando que a grande maioria dos dados é geoinformacional – e que temos sua referência no espaço e tempo –, é preciso ampliar as formas de exploração deles de modo a alcançar públicos variados com informações de qualidade.

O uso de infográficos, reunindo representações mapeadas e gráficos de naturezas distintas, tem sido explorado pela mídia, e essa realidade precisa se consolidar e alcançar temáticas variadas. Afinal, todos têm a ganhar com isso.

Agora, sabemos não só quantos somos. Fomos além! E não só na qualificação da informação de forma taxonômica e espacial, mas também na geração de cenários que nos permitem compreender para onde estamos indo, o que possibilita nos prepararmos melhor.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-79967
725_480 att-79920
725_480 att-79703
725_480 att-79821
725_480 att-79624
725_480 att-79956
614_256 att-79935
725_480 att-79648
725_480 att-79745
725_480 att-79750
725_480 att-79716
725_480 att-74188
725_480 att-79924
725_480 att-79782
725_480 att-79941

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-79341
725_480 att-78545
725_480 att-78444
725_480 att-77334
725_480 att-76516
614_256 att-74235
614_256 att-72377
614_256 att-73097
614_256 att-74328
614_256 att-73500
614_256 att-70713
614_256 att-71871
614_256 att-64598
614_256 att-57301
614_256 att-71325