Quantos neurônios tinha o T. rex?

Museu Nacional/ UFRJ
Academia Brasileira de Ciências

Com base em tomografias e estimativas da massa cerebral de vertebrados fósseis, neurocientista brasileira estabelece que esse dinossauro tinha número de neurônios similar ao de babuínos e sugere que ele era mais habilidoso e vivia mais do que se supunha

Um dos mais completos espécimes de Tyrannosaurus rex, montado no Museu de História Natural de Leiden, na Holanda. Estudo que estimou o número de neurônios desse dinossauro sugere que ele era mais habilidoso e tinha tempo de vida maior do que se acreditava, podendo chegar a 40 anos

CRÉDITO: ALEXANDER KELLNER

Já imagino até a cara do(a) leitor(a): neurônios de um dinossauro? Ainda mais do tão famoso Tyrannosaurus rex… Confesso que, quando recebi o artigo da neurocientista Suzana Herculano-Houzel, do Instituto do Cérebro Vanderbilt, da Universidade Vanderbilt, no Tennessee, Estados Unidos, também me surpreendi. Mas a pesquisadora fez uma interessante análise, que foi publicada no Journal of Comparative Neurology e se aplica não apenas ao T. rex, mas a muitos outros dinossauros terópodes, grupo de onde as aves se originaram.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

725_480 att-82290
725_480 att-82269
725_480 att-82066
725_480 att-82314
725_480 att-82234
725_480 att-82133
725_480 att-81998
725_480 att-82279
725_480 att-82058
725_480 att-82036
725_480 att-82151
725_480 att-82044
725_480 att-82341
725_480 att-82173
725_480 att-82211

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87796
725_480 att-87282
725_480 att-86749
725_480 att-85970
725_480 att-85425
725_480 att-85058
725_480 att-84571
725_480 att-84383
725_480 att-84048
725_480 att-83447
725_480 att-83275
725_480 att-82786
725_480 att-81864
725_480 att-80922
725_480 att-80314