Curas maravilhosas para doenças encantadas

Tomando como referência o ditado popular: “Não há bem que sempre dure, nem mal que não se cure”, apresentamos as mais diversas formas de cura

PARA O AR CONTAMINADO

Sempre antes do meio-dia, misturar um punhado de sal com cinzas e depois partir ao meio com uma faca. Depois, proferir a benzedura: “assim como as águas correm para o mar, assim torne o mal ao seu lugar”.

 

PARA ESPINHELA CAÍDA

Utiliza-se as secreções naturais do corpo, como sangue (de preferência o menstrual), urina, suor ou saliva. Com uma delas se aplica um cataplasma sobre a parte afetada. No entanto, é preciso saber onde fica a espinhela caída.

Georgina Martins
Curso de Especialização em Literatura Infantil e Juvenil, Faculdade de Letras, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Escritora de livros para crianças e jovens

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-60523
614_256 att-59492
614_256 att-27650
614_256 att-58001
614_256 att-57751
614_256 att-57811
614_256 att-59255
614_256 att-60098
614_256 att-59382
614_256 att-59181
614_256 att-57324
614_256 att-57352
614_256 att-57301
614_256 att-57278
614_256 att-57222

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87837
725_480 att-87273
725_480 att-86764
725_480 att-86138
725_480 att-85584
614_256 att-85227
725_480 att-84749
725_480 att-84347
725_480 att-83952
725_480 att-83581
725_480 att-82914
725_480 att-82670
725_480 att-82211
725_480 att-81727
725_480 att-81342