Estratégias pessoais e suporte público

A professora e pesquisadora de astrofísica de partículas na UFPR, que encontrou na solidão uma forma de driblar o racismo e o preconceito no meio acadêmico, atribui suas conquistas à universidade pública e seus financiamentos

Nasci em Olímpia, interior de São Paulo. Uma cidade pequena, 500 quilômetros distante da capital. Sou a caçula de oito irmãos, a única a estudar em uma universidade pública. Desde as minhas primeiras memórias, meus pais e irmãos mais velhos trabalhavam. Minha infância foi simples, familiar e tranquila. Quando cresci e fui para o ensino médio, minha mãe e meus irmãos sempre me incentivaram a aproveitar as oportunidades da escola e estudar mais e mais. Segui com esse propósito.

Rita de Cassia dos Anjos
Departamento de Engenharia e Exatas
Universidade Federal do Paraná – Setor Palotina

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-27650
614_256 att-55945
614_256 att-55919
614_256 att-55851
614_256 att-55881
614_256 att-55796
614_256 att-55602
614_256 att-55677
614_256 att-55827
614_256 att-55555
614_256 att-55553
614_256 att-55501
614_256 att-55630
614_256 att-55480
614_256 att-55423

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87219
725_480 att-86562
725_480 att-85908
725_480 att-85635
725_480 att-84907
725_480 att-84594
725_480 att-84249
725_480 att-83821
725_480 att-83402
725_480 att-82989
725_480 att-82567
725_480 att-82044
725_480 att-81633
725_480 att-81084
725_480 att-80729