No interior da Paraíba, aos 14 anos, Maria do Socorro Diniz teve sua primeira experiência como professora, iniciando uma trajetória que a levou à Geografia, mas tendo sempre o desenvolvimento do ensino como foco e missão

CRÉDITO: FOTO CEDIDA PELA AUTORA

Faço parte de uma singularidade territorial e cultural que atravessou fronteiras, assimilou outras culturas e reconstruiu identidades sem perder a sua própria, a nordestina. Vivenciei seis etapas de migração interna, centrando o interesse na esfera da Educação em seu sentido pleno. Acompanharam-me os encantos e mistérios de um meio ambiente complexo e hostil moldurados em minha vida. As experiências vividas naquele recanto sertanejo conduziram-me a uma escolha profissional. Apropriei-me da Geografia e, dela, fiz ofício e história.  

Maria do Socorro Diniz
Departamento de Geografia
Universidade Federal do Rio de Janeiro

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-70623
614_256 att-70595
614_256 att-69653
614_256 att-69645
614_256 att-69551
614_256 att-69315
614_256 att-68522
614_256 att-70884
614_256 att-69624
614_256 att-70793
614_256 att-27650
614_256 att-70676
614_256 att-70842
614_256 att-70706
614_256 att-70753

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-79148
725_480 att-78801
725_480 att-78477
725_480 att-77240
725_480 att-76204
614_256 att-74015
614_256 att-72134
614_256 att-73512
614_256 att-74021
614_256 att-72753
614_256 att-71563
614_256 att-71099
614_256 att-62019
614_256 att-58001
614_256 att-56480