A partir de anúncios publicados no Jornal do Brasil no início do século 20, é possível traçar um quadro do cotidiano das classes populares do Rio de Janeiro à época.

Aluga-se uma ama de leite, portuguesa, com o primeiro leite, de um mês, tendo de idade 22 anos, de boa conduta; na Rua do Lavradio n.186, sobrado (Jornal do Brasil, 22 de abril de 1903, p. 3).

Anúncios de amas de leite eram corriqueiros no Jornal do Brasil no início do século 20 e alertavam para um mercado de trabalho intenso. Ainda hoje, não é estranho ouvir ou conhecer alguém que tenha sido amamentado quando criança por uma ama, por conta de problemas com o leite materno ou pela necessidade de a mãe trabalhar.

Durante séculos, a ama de leite foi utilizada por famílias abastadas. No caso do Brasil, muitas eram mulheres escravizadas que, em virtude do parto, aleitavam os filhos dos senhores, sendo, por vezes, impedidas de alimentar seus próprios filhos e alugadas para terceiros, gerando renda.

Compreender o papel desempenhado por essas mulheres no Rio de Janeiro no momento posterior à abolição da escravidão, ocorrida em 1888, foi o alvo de nossa pesquisa realizada no Programa de Pós-graduação da Casa de Oswaldo Cruz. O período estudado foi marcado pelas preocupações médicas com a alimentação infantil, em especial o leite artificial e as amas de leite, devido à mortalidade que assolava a cidade e a transformava em questão de saúde pública.

Caroline Gil

Mestrado em História das Ciências e da Saúde,
Casa de Oswaldo Cruz,
Fundação Oswaldo Cruz

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Para acessar este ou outros conteúdos exclusivos por favor faça Login ou Assine a Ciência Hoje.

Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros conteúdos desta edição

614_256 att-35765
614_256 att-35755
614_256 att-35686
614_256 att-35672
614_256 att-27650
614_256 att-35636
614_256 att-35750
614_256 att-35565
614_256 att-35573
614_256 att-35451
614_256 att-35385
614_256 att-35356
614_256 att-35110
614_256 att-34929
614_256 att-35038

Outros conteúdos nesta categoria

725_480 att-87350
725_480 att-86492
725_480 att-86001
725_480 att-85578
725_480 att-85004
725_480 att-84761
725_480 att-84276
725_480 att-83829
725_480 att-83596
725_480 att-82941
725_480 att-82066
725_480 att-81484
725_480 att-80993
725_480 att-80500
725_480 att-79703